Cursos de Formação de Formadores

Curso Local Início Fim Horário Estado
CCP - Presencial Lisboa 28 Jun 17 Jul Laboral (L2) Disponível Inscrição
CCP - Presencial Lisboa 05 Jul 24 Jul Laboral (L2) Disponível Inscrição
CCP - Presencial Lisboa 06 Jul 11 Ago Pós-Laboral (P3) Disponível Inscrição
CCP - bLearning Lisboa 12 Jul 18 Ago Pós-Laboral (P2) Disponível Inscrição
Curso Local Início Fim Horário Estado
CCP - Presencial Porto 06 Jul 11 Ago Pós-Laboral (P2) Disponível Inscrição
CCP - Presencial Porto 06 Jul 25 Jul Laboral (L2) Disponível Inscrição
CCP - bLearning Porto 06 Jul 11 Ago Pós-Laboral (P2) Disponível Inscrição
Curso Local Início Fim Horário Estado
CCP - bLearning Coimbra 14 Jul 18 Ago Pós-Laboral (P2) Disponível Inscrição
Curso Local Início Fim Horário Estado
CCP - Presencial Lisboa 17 Maio 07 Jul Pós-Laboral (P3) Em Curso
CCP - bLearning Lisboa 18 Maio 30 Jun Pós-Laboral (P2) Em Curso
CCP - bLearning Coimbra 19 Maio 30 Jun Pós-Laboral (P2) Em Curso
CCP - bLearning Porto 24 Maio 07 Jul Pós-Laboral (P2) Em Curso
CCP - bLearning Lisboa 07 Jun 19 Jul Pós-Laboral (P2) Em Curso
CCP - bLearning Porto 14 Jun 28 Jul Pós-Laboral (P2) Em Curso
ATENÇÃO: AÇÃO LABORAL-PORTO - 16/SET/14 JÁ NÃO DISPÕE DE VAGAS.   Consultar Todas as Ações

Os profissionais da formação foram esta semana surpreendidos com a publicação da Portaria n.º 213/201 com data de 30 Maio de 2011, relativa ao novo regime de formação, traduzindo na prática um novo enquadramento...

Ler mais

O optimismo e o pessimismo, em Portugal, flutuam e ondulam pelo curso da nossa história com o mesmo ritmo previsível, enquanto a nossa jangada - hoje de pedra, amanhã de junco - navega por vezes sem terra à vista. Este é tavez um desses momentos históricos. Todavia é bom agarrarmos as poucas...

Ler mais

A formação é cada vez mais um meio que reflecte o ritmo da mudança das sociedades em que interage. Hoje em dia já não é possível falar em ferramentas pedagógicas sem falar na tecnologia que as suporta. 

Desde os tempos em que um simples quadro e um giz bastavam ao formador para transmitir...

Ler mais

O artigo publicado no Jornal de Notícias com o título sugestivo: "Investir na formação para não ser mãe para sempre", aborda uma questão que para muitas mulheres constitui uma angústia mas ao mesmo tempo uma oportunidade de mudança. Na entrevista, Paula Almeida, após ter-se despedido do seu...

Ler mais

Páginas

Conselho Europeu discute educação: investir nas competências

Como forma de apoiar o Semestre Europeu de 2014, os Ministros da Educação da UE adotaram conclusões sobre o tema "Investir nas aptidões graças a um ensino e formação eficientes e inovadores".

Os Ministros enfatizaram caber aos sistemas de ensino e formação da UE um contributo fundamental para assegurar que os jovens e os adultos pouco qualificados adquiram as aptidões e competências adequadas às necessidades do mercado de trabalho atual.

Como melhorar a eficácia da aprendizagem remota

A eficácia dos cursos de e-learning / b-learning tem sido discutida ao longo dos anos, muitas vezes tendo como única motivação a sua desvalorização face ao ensino presencial.

Alguns anos passaram desde que esta modalidade de formação iniciou o seu crescimento exponencial, acompanhando a curva de expansão da própria Internet, vindo assim a ocupar um lugar complementar à formação clássica, conquistando assim novos adeptos, para bem da formação.

Como manter os jovens no ensino profissional?

O CEDEFOP - Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional desenvolveu um estudo que pretendeu analisar a problemática associada ao abandono escolar por parte dos jovens que frequentam o ensino profissional. 

Os custos relativos ao impacto social deste problema já foram estimados para a economia europeia e são equivalentes a 1,25% do PIB.

 

Aprovados os Cursos Superiores com 2 anos

Finalmente, após várias promessas, foi esta semana aprovado o diploma que institui uma nova tipologia de curso superior, com a duração de 2 anos. 

Os novos cursos destinam-se a jovens, com mais de 18 anos, que possuam como habilitação mínima o 12º ano. Estes poderão ter uma disciplina em falta e concluí-la durante a frequência do 1º ano do novo curso superior.

Páginas